01 novembro 2015

INSS - Edital está quase pronto!

INSS 400Hora de estudar! O INSS vai concluir a distribuição das vagas e publicar o edital.

 

 

 

 

 

 

GRUPO 2 70x55

Grupo com material de estudos, dicas e notícias:
https://www.facebook.com/groups/INSS.ok/


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou na última segunda-feira, dia 26, o edital do concurso de remoção interna dos técnicos do seguro social, último entrave para que as regras do concurso destinado a preencher 950 vagas sejam publicadas.

É que, após a seleção interna, o INSS poderá, enfim, concluir a distribuição das vagas pelo país e publicar o edital do concurso externo. Segundo o cronograma da seleção interna, o resultado final será publicado em 27 de novembro, levando a crer que logo após isso será publicado o edital esperado por milhares de candidatos.

Esse documento, que precisa ser divulgado até 29 de dezembro, segundo a portaria de autorização do Ministério do Planejamento, já está em fase final de elaboração. Quem confirmou isso foi a presidente do INSS, Elisete Berchiol, e o diretor de Gestão de Pessoas, José Nunes Filho, à diretora da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS), Terezinha Aguiar. Além disso, o instituto já definiu o Cespe/UnB como organizador, por dispensa de licitação, que será divulgada no Diário Oficial da União (DOU) em breve. O concurso de remoção dos analistas já foi finalizado.

A expectativa é que todas as unidades da federação sejam contempladas, tendo em vista as necessidades de pessoal da autarquia em todo o país. Inclusive, circula pelas redes sociais um documento do INSS que apresenta a lotação ideal de servidores nas gerências executivas e nas agências da Previdência Social (APS).  O documento não informa se esse quantitativo refere-se somente ao cargo de técnico do seguro social ou inclui também as carreiras de analista e médico perito.

No entanto, a publicação sugere que o Estado do Rio de Janeiro poderá receber uma significativa oferta de vagas no concurso. A publicação aponta que o Estado do Rio de Janeiro tem uma defasagem de 215 servidores, sendo 74 na gerência da capital, 38 na de Duque de Caxias, 31 em Niterói, 29 em Campos dos Goitacazes, 22 em Volta Redonda e 21 em Petrópolis. Cada gerência regional abrange diversas cidades do estados. Até o momento, a Assessoria do INSS não confirmou a veracidade das informações. Confira a possível lotação ideal para todos os estados também em anexo abaixo.

Oportunidades

A colocação de técnico do seguro social ficará com a maior parte das ofertas. Ao todo, o certame terá 800 oportunidades para este emprego, que requer certificado de ensino médio. As demais 150 chances serão para a carreira de analista do seguro social. Para concorrer a um desses postos, os candidatos deverão ter formação superior na área de serviço social.

Atribuições dos cargos:

De acordo com o edital de 2012, os candidatos aprovados no cargo de Técnico do Seguro Social terão como atividades: proceder ao reconhecimento inicial, manutenção, recurso e revisão de direitos aos benefícios administrados pelo INSS; exercer atividades internas e externas ligadas ao suporte e apoio técnico especializado; executar as atividades de orientação e informação, de acordo com as diretrizes estabelecidas nos atos específicos e outras relacionadas aos fins institucionais do INSS, que venham ser determinadas pela autoridade superior.

GRUPO 2 70x55

Grupo com material de estudos, dicas e notícias:
https://www.facebook.com/groups/INSS.ok/

Já para o cargo de Analista, as atribuições são: prestar atendimento e acompanhamento aos usuários dos serviços prestados pelo INSS e aos seus servidores, aposentados e pensionistas; elaborar, executar, avaliar planos, programas e projetos na área de Serviço Social e Reabilitação Profissional; realizar avaliação social quanto ao acesso aos direitos previdenciários e assistenciais; promover estudos sócio-econômicos visando a emissão de parecer social para subsidiar o reconhecimento e a manutenção de direitos previdenciários, bem como a decisão médico-pericial; e executar de conformidade com a sua área de formação as demais atividades de competência do INSS.

Remunerações para os cargos do INSS aumentam

Depois de ser autorizado o concurso para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no mês de junho, o setor de RH da autarquia atualizou, semanas depois, as remunerações para os cargos de Técnico do Seguro Social e Analista do Seguro Social.  Os valores passaram de R$ 4.620,91 a R$ 5.259,87 para Técnico do Seguro Social (nível médio) e para o cargo de Analista (nível nível superior em Serviço Social), a remuneração passou de R$ 7.504,45 a R$ 7.869,09.

Edital quase pronto

O edital do concurso para o INSS está quase pronto, esta foi a informação compartilhada pela presidente do INSS, Elisete Berchiol, para à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS) e à Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), em reunião realizada na sexta (16).

Concurso INSS não será afetado pelo corte de gastos do governo:

Com o assunto da semana sendo a suspensão parcial dos concursos públicos em 2016, muita gente que está estudando para o INSS começou a se preocupar com a possibilidade do concurso parar. Mas para alegrar todos os corações sofridos, o Ministério do Planejamento divulgou esta semana que os concursos já aprovados não serão prejudicados. Isso significa que até 29 de dezembro o concurso do INSS deve ter seu edital publicado.

Além disso, o Ministério também esclareceu dúvidas em relação às convocações. Segundo eles, as nomeações estão mantidas e asseguradas dentro do prazo de validade final dos concursos. O que garante que os classificados na seleção do INSS serão contratados em 2016.

Quando sai o edital?

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) tem até dia 29 de dezembro para divulgar o edital do concurso de 950 vagas de nível médio e superior. Isto porque a autorização aconteceu no dia 29 de junho e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão estabelece um prazo de 6 meses, após a data de publicação, para a abertura do edital.

Quem estiver interessado no concurso INSS deve aproveitar o tempo para estudar, já que, com a probabilidade do edital sair em dezembro, as provas objetivas devem ser aplicadas entre fevereiro e março do ano que vem. O motivo é que as avaliações só podem ser aplicadas no período mínimo de 60 dias após o início das inscrições.

Os interessados devem continuar estudando, pautando-se por provas do Cespe/UnB, que será o organizador. As últimas seleções da autarquia são bons guias. Para técnico, o último concurso foi feito em 2011, porém com a organização da Fundação Carlos Chagas.

Na época, os candidatos foram avaliados por meio de 60 questões objetivas, sendo 20 de Conhecimentos Gerais (Português, Ética no Serviço Público, Noções de Informática, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Previdenciário) e 40 de Conhecimentos Específicos.

GRUPO 2 70x55

Grupo com material de estudos, dicas e notícias:
https://www.facebook.com/groups/INSS.ok/

Já para analistas, na área de Serviço Social, o último concurso aconteceu em 2008, sob organização do Cespe/UnB. Na ocasião, também houve 60 questões objetivas, versando sobre Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Previdenciária, Legislação da Assistência Social e Conhecimentos Específicos. Os interessados nas vagas de analista devem considerar, porém, que em 2013 a disciplina de Raciocínio Lógico foi substituída por Ética no Serviço Público. 

Apesar do total de vagas autorizadas – foram 950 no total -, a expectativa é que o INSS realize diversas nomeações extras, já que há uma grande carência por pessoal na autarquia. Em 2011, foram 5.020 convocações, de 6.881 aprovados, ou seja, 133% além da oferta prevista em edital.

Confira algumas dicas para se dar bem no Concurso INSS 2015:

  • Estude aliando conteúdo com exercícios. O treino é essencial.

  • Em mais da metade da sua prova, será cobrado o conteúdo referente aos benefícios previdenciários, portanto dê a isso uma atenção especial.

  • Leia a Lei 8.212/91, 8.213/91 e o Decreto 3.048/99, mas busque um apoio. Principalmente para quem está iniciando os estudos, a leitura da lei ficará confusa, mas também é necessária. Portanto, leia a lei mas buque o curso e material de apoio, isso é importante para a compreensão do conteúdo

  • Não descuide do português. Dependendo da banca escolhida, você poderá conhecer muito bem o direito previdenciário, mas corre o risco de perder questões por interpretá-las incorretamente.

  • Não “relaxe” nos demais conteúdos, todos são importantes para a sua aprovação.

  • Monte um plano de estudos e inicie o quanto antes a sua preparação.


Curta nossa página e concorra a prêmios:

0 comentários :

Postar um comentário