24 abril 2015

Senado aprova PL que autoriza falta ao trabalho para prestar concursos

Estudante 800x600De acordo com o PL, o empregado poderá, ainda, se ausentar para fazer entrevistas para outro emprego e provas, a exemplo do Enem.

 

 

 

 

GRUPO 2 70x55

Muito material de estudo GRÁTIS para download no MAIOR e MELHOR grupo do Facebook (mais de 176 mil membros): https://www.facebook.com/groups/gabaritofinal/

Da Rádio Senado

Proposta garante que os trabalhadores não terão seus salários descontados

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou, nesta terça-feira (14/4), o Projeto de Lei da Câmara nº 118/2013 que permite aos empregados faltar ao trabalho para prestar concursos públicos. O trabalhador poderá ainda se ausentar para fazer entrevista para outro emprego e provas como o Enem, mas terá que compensar as horas perdidas.

A proposta, que já foi aprovada pelo Plenário da Câmara dos Deputados e só precisa do aval do plenário do Senado para virar lei, muda as Consolidações das Leis do Trabalho (CLT). Os trabalhadores não terão seus salários descontados.

O relator na Comissão de Educação, Paulo Paim (PT-RS), considera justo que o empregado, que depende apenas de sua força de trabalho e de sua iniciativa, tenha chance de progredir. "A busca de melhores condições de vida é algo inerente ao ser humano. Por isso, permitir que o empregado se afaste do seu posto de trabalho afim de que possa tentar redirecionar os seus serviços para uma atividade melhor remunerada e que satisfaça os anseios profissionais. É medida salutar que o trabalhador busca sua felicidade sem ter receio de ser privado, injustamente, de sua fonte de sustento enquanto o faça", defendeu.

Para ter direito ao benefício, o trabalhador deverá informar ao empregador a ausência com antecedência mínima de sete dias, apresentando comprovante de inscrição no concurso ou declaração do responsável pela seleção no caso de entrevista para emprego na iniciativa privada.

Para ouvir a íntegra da notícia, clique aqui.


Curta nossa página e concorra a prêmios:

0 comentários :

Postar um comentário