21 agosto 2014

Os 10 erros mais comuns dos candidatos a concursos públicos

2 - Os 10 erros mais comuns dos candidatos a concursos públicos 3

Os 10 erros mais comuns que os concusandos cometem em suas estratégias de preparação, a partir da minha experiência como Personal Coach para concursos. Acredito que a maioria de vocês irá se identificar com um ou mais erros na lista a seguir.

 

 

feed 70x55Saiba tudo sobre concursos públicos:
Siga-nos no TWITTER: 
Curta no FACEBOOK: 

Não se preocupem com isso, pois todos nós cometemos enganos. O importante é reconhecer que há possibilidade para mudança e entrar em ação para melhorar sua performance. Confira se você está no caminho certo ou se ainda precisa evoluir seu lado motivacional e emocional.

Estou prestando vários concursos. Uma hora eu passo!

Na verdade, esse tipo de comportamento indica falta de foco, muitas vezes provocada por uma necessidade urgente que precisa ser atendida (vida financeira, auto-estima, status, etc), que são péssimos motivadores para o sucesso. O ideal é escolher uma única carreira, ou pelo menos concentrar sua atenção em carreiras com perfis semelhantes. Quanto mais específica for sua escolha e quanto mais preciso for seu estudo, maiores serão as suas chances de ser aprovado.

Tenho que saber tudo para ser aprovado

Essa é uma auto armadilha fatal! Pense por um minuto: se você precisa saber TUDO para ser aprovado, então você NUNCA será aprovado, pois NINGUÉM sabe tudo. É absolutamente impossível saber tudo. O que você precisa saber é como a banca cobra determinados assuntos, como ela se apresenta a prova, quais são os assuntos mais cobrados, etc. Esse tipo de postura é mais fácil de alcançar quando você supera o erro número 1 e define qual carreira quer seguir. Para ser aprovado, você precisará se tornar um super-especialista na sua prova, treinando a sua prova. O que é diferente de saber tudo..

Não tenho as condições ideais para estudar

As boas condições para um estudo eficiente devem ser criadas por você. Se no seu dia a dia você só possui 2 horas para estudar, então essas 2 horas devem ser bem utilizadas. Conheço casos de pessoas que estudavam 12 horas por dia sem nenhuma qualidade. Cito o exemplo de Carlos, primeiro lugar no concurso de Auditor-Fiscal da Receita Federal em 2010, casado, com filho pequeno, trabalhando 40 horas semanais. Não fez cursinho, estudava 2 horas por dia e durante os finais de semana. Será que ele tinha as condições ideais para estudar? Claro que sim! Ele criou o ambiente propício para seu crescimento e provou que esse tipo de pensamento pode ser superado com paciência, persistência e força de vontade.

GRUPO 2 70x55Conheça o MAIOR e MELHOR grupo de estudos da internet (mais de 142.000 membros inscritos): https://www.facebook.com/groups/gabaritofinal/

Preciso passar logo em um concurso para arrumar minha vida

Na verdade, esse tipo de pensamento inverte a lógica da aprovação em um concurso. Se você está buscando em um concurso público a solução para seus problemas financeiros, de auto-estima, status, etc., muito cuidado. Talvez esses sejam exatamente os atributos que te faltam hoje para ser aprovado. Por esse motivo, antes de querer prestar um concurso, arrume sua vida. Depois, assuma o compromisso de se preparar para uma competição tão difícil quanto essa. Saiba que a aprovação é uma conseqüência natural na vida das pessoas que buscam crescimento e desenvolvimento.

Ninguém me apoia, ninguém entende o que eu faço

Bom, o primeiro ponto que precisa ficar claro é: quem é o responsável pela sua aprovação? Se a sua resposta for diferente de "eu mesmo", então você precisa alterar suas estratégias para se tornar o único responsável pelo seu sucesso. Nenhuma outra pessoa poderá fazer tudo o que for preciso para alcançar a aprovação do que você mesmo.

Também sugiro que você converse francamente com os outros atores envolvidos nesse cenário - esposa, esposo, filhos, pais, chefes, clientes, etc., e explique que a partir da sua decisão de ser aprovado em um concurso, haverá uma mudança em sua vida. Estabeleça as novas normas de convivência e faça os ajustes necessários para que sua vida seja ótima durante o período de preparação para a prova. Lembre-se: os outros não farão nada por você. Eles podem ajudá-lo um pouco, mas a responsabilidade pela aprovação É TOTALMENTE SUA!

É difícil ficar motivado o tempo todo para estudar

Estudante 13Sim, é verdade. Mas temos que observar essa questão de um ponto de vista privilegiado. O que é estar motivado o tempo todo? É nunca desanimar? Nunca ter dúvidas? Nunca pensar em desistir? Não acredito que qualquer concursando, mesmo aqueles que já passaram em primeiro lugar em muitos concursos, já não tenham pensado algo assim.

Mas, se o seu problema é não conseguir pegar nos livros porque lê e não vê resultado nos seus estudos, então o problema está na esfera da sua escolha, da sua decisão por um concurso. Se você tem uma firme decisão por ser aprovado em uma carreira e essa decisão está bem consolidada, não há o que se falar em falta de motivação. Lembre-se: antes da motivação, há uma decisão. Problemas de motivação, em grande parte, estão vinculados a problemas de decisão. Reveja suas escolhas e procure decidir por aquilo que lhe traga sentido em viver e fazer.

A vida é mais difícil pra quem faz concurso

Ouço repetidamente essa frase em um contexto bem negativo: é como se o concursando tivesse que se privar de todas as coisas boas do mundo porque não tem o direito de se divertir antes de ser aprovado. Mas, se você pensar bem, logo vai perceber que essa é uma idéia confusa... Concurso é mega-projeto de vida, é algo para ser levado por anos até que a aprovação chegue.

Você realmente acredita que vivendo assim irá conseguir se transformar em um candidato mais competitivo? Não parece lógico pensar que os candidatos que estão estudando e que estão tendo uma vida normal têm mais chance do que aqueles que estão se privando de tudo que é bom, para curtir depois da aprovação? Não seria mais prazeroso estudar sabendo que é a vida é boa e que você pode ter isso AGORA? Então pare com esse negócio de levar uma vida franciscana e vá fazer o que gosta, sem deixar o estudo de lado, claro. Qual o risco para o seu projeto se você tiver uma vida com mais prazer, uma vida mais digna? Pense um pouco sobre isso.

PALAVRA CERTA 2 - 66x66Português cai em todos os concursos! Aprenda de forma bem humorada com dicas diárias. Curta: PALAVRA CERTA
Acesse AQUI.

Só gênio passa em concurso

Isso, definitivamente, não é verdade. Quem passa em concurso é quem consegue estabelecer um bom planejamento, faz autocorreções durante sua trajetória e melhora seu desempenho com o passar do tempo. Pensar nesses termos só funciona como uma desculpa, uma muleta para não se responsabilizar pelo seu próprio sucesso. A grande diferença entre quem é aprovado e quem não tem chance é não dar bola para a concorrência e preocupar-se somente com o que deve ser feito!

Tenho que fazer o cursinho tal para ser aprovado no meu concurso

Cursinho é bom e necessário fazer, mas definitivamente não existe o cursinho certo para todo candidato. O concursando precisa ficar atento ao conteúdo do curso, como é oferecido, quais são as vantagens no momento, etc. Muitas vezes os concursandos se encantam com um cursinho e esquecem de checar a eficácia do seu investimento. Como disse antes, concurso é projeto de médio/longo prazo, e a diferença que vai fazer a diferença na hora da prova é o quanto você conseguiu estudar no seu dia a dia, o quanto conseguiu ser tornar competitivo para a prova para a qual você está preparando.

Estudante 1Vejo muitos clientes indo ao cursinho já com uma "zona de conforto", pensando "já estou fazendo a minha parte, estou indo ao cursinho." Esse não é o espírito do candidato que vai ser aprovado, pois é necessário desenvolver-se mais do que isso. É preciso realmente desenvolver uma rotina, ter hábitos de vencedor e não permanecer anos estudando como se isso fosse uma profissão. Cuidado com aquele curso que você faz somente por fazer. Qual mentira você tem contado para si mesmo e para os outros para esconder as suas fraquezas?

Um dia eu ainda passo em um concurso

Nada poderia ser mais inespecífico do que isso. Não existe no calendário UM DIA, assim como também não autorizaram vagas para UM CONCURSO. Se você se contentar em passar um dia em qualquer concurso, então você não tem padrão de comparação com nada. Pense por um minuto: você diria algo do tipo "um dia ainda caso com qualquer um/uma", ou ainda "um dia vou fazer qualquer curso superior" Isso parece ter algum sentido? Então, por que aceitar essa proposição para a sua carreira pública? Eleja um FOCO, uma carreira, centre-se nela e estude conforme os editais anteriores. Aguarde o prazo do concurso e tenha a CORAGEM de dizer: vou passar no próximo concurso para tal carreira". Isso sim é atitude de candidato com alto potencial de aprovação.

Flávio Ribeiro de Paiva é Psicólogo formado pela UFRGS, Personal e Professional Coach pelo Behavioral Coaching Institute - New York, através da Sociedade Brasileira de Coaching - São Paulo. Está vinculado a outros grandes institutos de Coaching e Desenvolvimento humano no Brasil e no exterior e possui larga experiência pessoal de sucesso em provas e concursos de diversos órgãos, como Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, TRF-4 e Polícia Rodoviária Federal.


EMAIL 70x56Receba DICAS, MATERIAIS, NOTÍCIAS e PROMOÇÕES em apenas um email diário! Basta informar seu email AQUI.

0 comentários :

Postar um comentário